Portal IFNMG - IFNMG está transformando álcool 98% em 70% para abastecer a Secretaria de Saúde de Montes Claros Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

IFNMG está transformando álcool 98% em 70% para abastecer a Secretaria de Saúde de Montes Claros

Publicado: Quarta, 25 de Março de 2020, 16h18 | Última atualização em Quarta, 25 de Março de 2020, 17h11
imagem sem descrição.

Mesmo em quarentena, servidores do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) estão desenvolvendo ações para enfrentar o distanciamento social e para ajudar a combater a pandemia do coronavírus. Entre elas, o IFNMG-Campus Montes Claros aproveitou sua capacidade técnica para oferecer à Secretaria de Saúde de Montes Claros a transformação do álcool 98% para o álcool 70%. 

O diretor-geral do Campus Montes Claros, Renato Cota, informou que ofereceu esse serviço por causa da escassez do álcool 70% no mercado. “Diante disso, a Secretaria de Saúde de Montes Claros nos forneceu 3.000 litros de álcool 98% para que possamos transformá-los em álcool 70%. Dessa forma, conseguiremos gerar em torno de 4200 litros do álcool 70%”, aponta o diretor. (A foto abaixo e à direita mostra o carregamento de álcool 98% sendo entregue no IFNMG-Campus Montes Claros)Foto 4 Produção de álcool 70

A secretária de Saúde do município, Dulce Pimenta, confirmou que a Prefeitura de Montes Claros não está conseguindo encontrar o álcool 70% para adquirir. “Essa solução líquida será utilizada nas unidades de saúde e nos setores de saúde da Secretaria Municipal de Saúde para limpeza de superfícies em hospitais, unidades de saúde, bem como para processos como antissepsia da pele, antissepsia das mãos e desinfecção de instrumentos médico-hospitalares. Essa parceria com o Instituto Federal é de suma importância para a saúde da população de Montes Claros e para o combate ao coronavírus”, afirma a secretária municipal de Saúde de Montes Claros.

Os servidores que compõem a equipe de trabalho são os engenheiros químicos Saulo Fernando dos Santos Vidal e Ramon Geraldo, o biólogo Otávio Filho, o químico Daniel Magalhães, o técnico em laboratório Robson Vasconcelos e os graduandos em Engenharia Química Ana Clara e Raphael Mesquita. A previsão é que o álcool 70% seja entregue para a Prefeitura até o dia 03 de abril.

Por que o álcool 70%?

Segundo o professor do IFNMG e engenheiro químico Saulo Fernando dos Santos Vidal, o álcool 70% é mais eficiente com micro-organismos, pois demora mais para evaporar, aumentando o tempo de ação e penetrando melhor nos micro-organismos. “Abaixo e acima dessa concentração, ele é menos eficiente”, esclarece o professor, que é mestre em Engenharia Química e coordenador do curso de Engenharia Química do IFNMG-Campus Montes Claros.

Nesse momento, explica o professor, está sendo feito um processo de diluição do álcool da Prefeitura de Montes Claros. “A diluição é praticamente instantânea, porém, a demanda é alta”, comenta Vidal. 

Há a previsão de o IFNMG produzir álcool 70% a partir da destilação de bebidas alcoólicas. O diretor Renato Cota está conversando com a Receita Federal, que poderá repassar bebidas apreendidas, a fim de produzir álcool 70% para o enfrentamento do coronavírus.

Fim do conteúdo da página