Portal IFNMG - Curso técnico a distância em Tradução e Interpretação de Libras realiza Blitz Educativa Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Curso técnico a distância em Tradução e Interpretação de Libras realiza Blitz Educativa

Publicado: Sexta, 07 de Julho de 2017, 17h29 | Última atualização em Segunda, 21 de Agosto de 2017, 16h24
imagem sem descrição.

     Alunos do Curso Técnico a distância em Tradução e Interpretação em Língua Brasileira de Sinais (Libras) do Campus Montes Claros - IFNMG realizaram blitz educativa para divulgação da língua e cultura surda, no dia 01 de julho, no centro de Montes Claros. A ação foi proposta pela professora da disciplina “Práticas de Formação e Articulação”, Rosana Fróes Santos, que acompanhou a organização da ação no centro da cidade, juntamente com a coordenadora do curso (Leidiane Rodrigues), com a professora mediadora (Érika Morais Costa) e com a coordenadora pedagógica do Bolsa-Formação (Luciana Cardoso de Araújo).


     Na ocasião, foram distribuídos nos semáforos panfletos confeccionados pelos cursistas contendo informações sobre o surdo, sua cultura e língua e, em seguida, aqueles que passavam pela Praça Dr. Carlos Versiani foram convidados a participar de uma oficina de Libras ministrada pela cursista surda, Claudinéia Gonçalves, na qual aprenderam o alfabeto manual, os principais cumprimentos, os numerais e sinais básicos dessa língua.


     A coordenadora pedagógica, Luciana Cardoso, afirmou que “esse tipo de evento é de suma importância, uma vez que, apesar de a Língua Brasileira de Sinais ter sido reconhecida (através da Lei 10436/02 e pelo Decreto 5626/05) como meio legal de comunicação e expressão, com sistema linguístico e estrutura gramatical própria; ainda é necessária sua difusão para que a barreira comunicacional existente entre surdos e ouvintes seja ultrapassada”. Segundo a pedagoga, “a blitz alcançou seu objetivo, pois conseguiu desfazer alguns mitos acerca do surdo e despertou em muitas pessoas o desejo de aprender a língua utilizada pela comunidade surda brasileira”.
Para saber mais sobre o curso, clique aqui.

Fim do conteúdo da página