Portal IFNMG - Processo de Unificação de Cursos - PROUNIC Informática Integrado ao Ensino Médio Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Publicado: Sexta, 27 de Dezembro de 2013, 08h32 | Última atualização em Sexta, 27 de Dezembro de 2013, 08h32

prounic

Foto de Servidores participantes da oficina do Técnico Integrado em Informática

Em 2013, diversas ações foram realizadas para a efetivação do Processo de Unificação de Cursos (Prounic) para os Cursos Técnicos do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais - IFNMG, encerrando-se esse ciclo com as discussões realizadas nos dias 12 e 13 de dezembro, durante oficina do Prounic - Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio.

Fazendo um breve histórico desse processo, as primeiras discussões para unificação das matrizes curriculares dos Cursos Técnicos do IFNMG se iniciaram em julho de 2011. “Trata-se de um processo bastante complexo, uma vez que exige a discussão coletiva do corpo docente e pedagógico de todos os Campi”, relata a Pró-Reitora de Ensino, Professora Ana Alves Neta.

Dessa forma, para que o Prounic se configure num projeto coletivo, é necessária a realização de diversas ações nos próprios Campi e entre seus representantes, a saber: discussão sobre currículo integrado na Educação Profissional, oficinas para construção do perfil profissional dos cursos, oficinas para elaboração coletiva das propostas curriculares, apresentação dessas propostas nos Campi e construção final das matrizes curriculares de cada curso.

Ao longo do ano, foram realizadas as oficinas já citadas, conduzidas pela professora Iza Cotrim, juntamente com a equipe da PROEN representada pelas servidoras Antônia Angélica Nascimento, Edilene Soares e Jaqueline Sales. As oficinas encerraram um ciclo de trabalhos, culminando com a construção de novas matrizes curriculares para os diversos cursos técnicos subsequentes/concomitantes e integrados do IFNMG, que foram unificadas entre os Campi que ofertam cada curso de forma a contribuir para o fortalecimento da identidade do Instituto e garantir a mobilidade acadêmica para alunos do próprio IFNMG.

É importante ressaltar que esse processo não desconsidera as peculiaridades de cada Campus, considerando nas matrizes elaboradas essas especificidades. Sobre a importância do Prounic, o Professor José Ricardo Martins da Silva, Reitor do IFNMG, comenta que o Prounic demonstrou que é possível promover o diálogo entre os Campi de forma mais sistematizada, refletindo um processo de construção da identidade do IFNMG e fortalecimento da gestão democrática.

Fim do conteúdo da página