Portal IFNMG - Linhas de Pesquisa Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Linhas de Pesquisa

Publicado: Segunda, 23 de Janeiro de 2017, 11h04 | Última atualização em Quarta, 22 de Maio de 2019, 16h45
Nome Descrição
Biotecnologia aplicada à reprodução animal A aplicação de biotécnicas na reprodução animal constitui importante ferramenta para otimizar o aproveitamento de reprodutores geneticamente superiores selecionados, contribuindo para o melhoramento das espécies e aumento dos índices de produtividade. Nesse contexto, são incluídas as técnicas de inseminação artificial, controle do ciclo estral, superovulação, transferência de embriões, produção in vitro de embriões, clonagem e transgenia. A escolha da técnica mais apropriada para cada categoria animal e a adequada aplicação são fundamentais para a melhoria da eficiência reprodutiva.
Nutrição aplicada A nutrição animal envolve os processos de digestão, transformação e assimilação de nutrientes contidos nos alimentos, sendo estes utilizados para crescimento, ganho de peso e obtenção de produtos de origem animal de qualidade para consumo humano. O estudo da nutrição aplicada visa melhorar o desempenho dos animais, a um baixo custo, respeitando o meio ambiente e minimizando os riscos para a saúde humana. Estão incluídas nessa linha de pesquisa os estudos para determinação de exigências nutricionais e da composição dos alimentos, a busca por alimentos alternativos e métodos de conservação de alimentos, a avaliação do desempenho produtivo e nutricional em diferentes sistemas de produção, o estudo de aspectos da digestão fermentativa e glandular, a avaliação da relação entre a nutrição e a qualidade de carcaça, leite e ovos.
Sanidade aplicada à reprodução e nutrição animal

A linha de pesquisa em Sanidade Animal Aplicada a Reprodução e Nutrição Animal visa fomentar e divulgar o conhecimento técnico-científico sobre as doenças de ordem infecciosas, parasitárias e tóxicas que possam influenciar nas atividades reprodutivas e nutricionais/alimentares, causando impactos na produção animal e na qualidade dos produtos de origem animal. Para isso os conhecimentos nas áreas de Doenças Infecciosas e Parasitárias, Toxicologia, Saúde Pública e Saneamento, Epidemiologia, Microbiologia, Patologia Animal, Clínica Médica Veterinária e Inspeção de Produtos de Origem Animal contribuem para o entendimento do processo de desenvolvimento e de combate às doenças, além de possibilitar a implantação de mecanismos de controle e prevenção e o desenvolvimento de produtos e técnicas que visem a redução da exposição a agentes nocivos à saúde. A Sanidade Animal aplicada à Reprodução e Nutrição Animal possibilita, portanto, um incremento na produção animal e na qualidade dos produtos para consumo, contribuindo para a melhoria da saúde animal, humana e redução de contaminantes ambientais, espelhando-se no conceito de saúde única da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Fim do conteúdo da página