Portal IFNMG - Professor do IFNMG-Campus Januária terá artigo publicado em revista internacional Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Professor do IFNMG-Campus Januária terá artigo publicado em revista internacional

Publicado: Quarta, 06 de Dezembro de 2017, 15h55 | Última atualização em Segunda, 08 de Janeiro de 2018, 16h59

fotoprofclaubert

O professor Claubert Wagner Guimarães de Menezes, Engenheiro Agrônomo e Doutor em Produção Vegetal, em parceria com Professores da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Pesquisador da Asia Pacific Resources International Holdings Limited (APRIL), terá artigo publicado pela revista Internacional Florida Entomologist, volume 100, n° 4. A revista possui o Fator de Impacto 0,964 (JCR), e Qualis (CAPES) B1, (Ciências Agrárias: 2013 – 2016).

O artigo intitulado: “Poekilloptera phalaenoides (Hemiptera: Flatidae) on Abarema villosa (Fabales: Fabaceae) in Diamantina, Minas Gerais State, Brazil”, com tradução para o Brasil como: “Primeiro Relato de Poekilloptera phalaenoides (Hemiptera: Flatidae) em Abarema villosa (Fabales: Fabaceae) no município de Diamantina, estado de Minas Gerais, Brasil” é resultado da pesquisa com a cigarrinha Poekilloptera phalaenoides, um inseto natural do bioma cerrado, mas que tem sido relatada como uma praga de plantas de interesse para o homem. Esse inseto suga a seiva das plantas, causa a redução da fotossíntese e facilita o ataque de fungos nocivos. A cigarrinha foi relatada pela primeira vez se reproduzindo sobre a planta Abarema villosa (Fabales: Fabaceae), que é nativa do cerrado brasileiro e considerada como medicinal e ornamental, mas está ameaçada de extinção.

Segundo o Professor Claubert, não é a primeira vez que ele registra a ocorrência desse inseto em Diamantina. No ano de 2012, a cigarrinha foi relatada parasitando a Mimosa caesalpiniaefolia (Mimosaceae), conhecida popularmente como Sansão- do-campo*. Ele comenta que: “Com a redução das áreas de ocorrência natural da Abarema villosa, provocado pela degradação ambiental, devido às atividades do homem, entre elas a mineração, e com o recente uso dessa planta como ornamental em áreas urbanas, a cigarrinha utiliza a “Abarema” como fonte de alimento, abrigo e local de reprodução. Assim, por ter sido coletada próxima ou em áreas urbanas, a cigarrinha está migrando das áreas naturais e coexistindo com os humanos”.

Ainda segundo professor Claubert, “trata-se de uma importante publicação para nosso país, e para Diamantina que sedia um campus do IFNMG, o qual oferece o curso técnico em Meio Ambiente. Esse artigo contribui com a preservação e conservação da qualidade do meio ambiente dessa região”, concluiu o professor.

*N.A. de Menezes CWG, Soares MA, de Assis Júnior SL, Fonseca AJ, Zanuncio JC. 2012. First record of Poekilloptera phalaenoides (Hemiptera: Flatidae) hosting Mimosa caesalpiniaefolia (Mimosaceae) in Diamantina, Minas Gerais State, Brazil. Forest Research 1: 2–4.

 

Fim do conteúdo da página