Portal IFNMG - Cinco cursos superiores do IFNMG foram conceituados com nota quatro pelo MEC em 2017 Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Cinco cursos superiores do IFNMG foram conceituados com nota quatro pelo MEC em 2017

Publicado: Sexta, 01 de Setembro de 2017, 18h08 | Última atualização em Quarta, 18 de Outubro de 2017, 12h24

Numa escala de um a cinco, foram classificados com nota quatro pelo Ministério da Educação (MEC) todos os cursos do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) que receberam a primeira avaliação em 2017, atestando a qualidade dos projetos pedagógicos, infraestruturas e professores.

Os cursos avaliados em 2017 e que obtiveram nota quatro em sua primeira avaliação são:

- Análise e Desenvolvimento de Sistemas – Campus Almenara
- Administração – Campus Araçuaí
- Administração – Campus Arinos
- Ciência da Computação – Campus Montes Claros
- Engenharia Química – Campus Montes Claros

Para o pró-reitor de Ensino do IFNMG, professor Ricardo Magalhães Cardozo, estes resultados demonstram que o Instituto vem conseguindo cumprir com seu compromisso de oferecer cursos de ótima qualidade também no nível de graduação. “As boas notas demonstram o comprometimento dos nossos servidores com a oferta de educação superior de qualidade alicerçada no desenvolvimento regional. O IFNMG é uma instituição jovem e esses resultados contribuem para a nossa consolidação”, destacou.

Nesta semana, o Guia do Estudante divulgou que dez cursos superiores do Instituto foram conceituados com selo de qualidade e estarão em destaque na publicação de 2018, reforçando esta qualidade, este compromisso e esta consolidação do IFNMG citados pelo pró-reitor. 

A avaliação

A primeira avaliação do MEC, que é feita quando o curso atinge entre 50% e 75% da matriz do curso em sua primeira oferta, é realizada com observação de normativas, documentos disponibilizados pela instituição e com visita in loco feita por uma comissão externa designada pelo MEC, sempre composta por dois avaliadores com formação na área do curso a ser avaliado. As análises são feitas basicamente sob três eixos: infraestrutura, corpo docente e organização didático-pedagógica. A avaliação é condição necessária para o reconhecimento do curso junto ao MEC.

Fim do conteúdo da página