Portal IFNMG - Ano encerra com órgão colegiado e de assessoramento constituídos Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Publicado: Terça, 27 de Dezembro de 2011, 12h48 | Última atualização em Terça, 27 de Dezembro de 2011, 16h08


O IFNMG termina o ano de 2011 com órgão colegiado e de assessoramento instituídos, o que favorece os processos de decisórios e de gestão para o futuro da Instituição.

 

Com a eleição, no último dia 13, de seus representantes docentes, técnico-administrativos e discentes, a Câmara de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) fecha o ano totalmente constituída, conforme formalizado pela Portaria 584, publicada dia 26/12. A CEPE é composta também pelos pró-reitores de Ensino, Pesquisa e Inovação, Extensão e Desenvolvimento Institucional e por representantes dos diretores de Ensino, Pesquisa e Inovação e Extensão dos campi, eleitos por seus pares. Um dos órgãos colegiados superiores do IFNMG, a CEPE tem funções normativas, consultivas e deliberativas sobre matéria acadêmico-científica, didático-pedagógica, artístico-cultural e desportiva.

 

A eleição do dia 13 de dezembro também representou o último passo para a constituição da Comissão Própria de Avaliação (CPA), quando foram escolhidos os representantes discentes, titular e suplente, da Reitoria. A Portaria 583, publicada dia 26/12, instituiu a Comissão, que, como órgão de assessoramento do reitor, tem o objetivo de assegurar a condução do processo de avaliação interna da Instituição, de sistematização e de prestação das informações solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), e integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES).

 

Assessoramento

 

Outros órgãos de assessoramento instituídos em 2011 foram a Comissão Permanente de Pessoal Docente (CPPD) e a Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em Educação (CIS/PCCTAE), ambas com representantes escolhidos por meio de processos eletivos.

 

Somam-se, ainda, a Comissão Permanente de Processos Seletivos (CPROS), com membros indicados pelo reitor e pelos diretores-gerais dos campi, e a Comissão Permanente de Concursos Públicos (CCONP), composta por integrantes indicados pelo reitor.

 

Para 2012

 

Na Reitoria do IFNMG está prevista a constituição da Comissão de Ética, que funcionará na Reitoria, mas terá um representante para cada um dos campi.

 

Ainda para o próximo ano, está em implantação a Ouvidoria, que será exercida por um ouvidor nomeado pelo reitor, com a finalidade de dar os devidos encaminhamentos, no âmbito institucional, a denúncias, reclamações, informações, elogios, solicitações e sugestões referentes aos serviços prestados pela Instituição.

 

A previsão é de que esses órgãos entre em funcionamento no primeiro semestre de 2012.

Fim do conteúdo da página